Pesquisar este blog

Tradutor

terça-feira, 2 de agosto de 2011

E o que é intuição?


Intuição ou experiência?

É muito comum atribuir o sucesso das pessoas à intuição, o que pode ser pertinente. A boa notícia é que, na verdade, a intuição pode ser adquirida, aprendida.

Mas o que é intuição? Intuição não é um talento misterioso. É o subproduto direto do treinamento e da experiência que foram estocados como conhecimento. A criatividade surge durante o processo de solução de problemas, que, por sua vez, depende do conhecimento, incluindo certa espécie de conhecimento que permite ao especialista compreender situações rápida e produtivamente.

Segundo Simmon (1994), ninguém alcança um nível mundial sem antes dedicar dez anos ou mais de intenso esforço para adquirir conhecimentos e habilidades na sua especialidade, sem que tenha vivenciado 50.000 “pedaços” de experiência. Bobby Fisher, que se tornou um grande mestre somente nove anos e alguns meses depois de aprender a jogar xadrez, são a única quase exceção. Mozart compunha música aos 4 anos, mas não era música criativa. As suas primeiras composições de classe foram perto dos seus 20 anos. Picasso alcançou um nível mundial já adulto.

Para Simmon, a criatividade é coisa reservada aos especialistas, e não aos amadores.
O que sugere que o trabalho e persistência representam uma grande parte dos ingredientes da criatividade.

E qual a principal característica de um especialista? É a habilidade de reconhecer um grande número de sinais ou indicações presentes em qualquer situação e, depois, recuperar da memória informações sobre o que fazer quando esses sinais específicos são encontrados. Em virtude dessa capacidade de reconhecimento, especialistas podem responder rapidamente a situações novas, quase sempre com grande precisão.

Como conseqüência desse pensamento, as escolas de Administração não produzem gerentes especialistas, tanto por não cumprirem os dez anos como por não criarem o ambiente de situações organizacionais nas quais os sinais podem ser aprendidos e praticados.

A abordagem que Simmon faz da intuição fornece boas perspectivas de aplicação ao campo do Empreendedorismo, onde ela é essencial, já que tudo indica que a intuição tem forte vínculo com a experiência, podendo, portanto, ser aprendida.

Fonte: O Segredo de Luíza, 1999.

Sucesso Sempre!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue nos visitando