Pesquisar este blog

Tradutor

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Os três Porquinhos...o resultado é incrível!!!

A Educação Financeira é como um investimento. 

A relação com dinheiro sempre cria novos caminhos, nos oferece oportunidades; e as atitudes das crianças com o dinheiro são moldadas desde cedo, logo nos sete primeiros anos de vida. Sendo assim, desenvolvendo ações saudáveis de forma lúdica, através de jogos, brincadeiras, a lição aprendida pela criança se tornará um hábito muito difícil de ser mudado.

Uma nova concepção está sendo trabalhada através da figura dos “Três Porquinhos” elaborando e montando juntamente com a criança para que ela compreenda e faça parte dessa brincadeira.

Leia o artigo na íntegra...

Venho através deste, retratar o quanto é gratificante trabalhar com a Educação. Ver os resultados obtidos, reforçado pelo comportamento e hábitos saudáveis na formação de uma criança ao longo do processo de aprendizagem e que será por toda a vida.

Com a euforia do fim de ano, do consumismo difundido em nossa sociedade,  da imagem do  Papai Noel, brinquedos e um mundo de oportunidades ao nosso alcance, claro que nossas crianças não ficariam imunes a isso. 

Mas, a Educação Financeira se aplicada de forma responsável, através de uma metodologia simples, lúdica e respeitando o mundo de fantasias das crianças, será uma grande ferramenta no auxílio à criação e formação de um hábito saudável para a vida de um futuro(a) cidadão(ã). O poder de assimilação e aprendizado das crianças é muito grande, trazendo benefícios e uma conscientização para o uso correto do dinheiro em fases futuras.

O resultado obtido e satisfação foi através do comportamento e amadurecimento da minha filha ao logo deste ano de 2012 , na época com sete aninhos na data do lançamento do artigo "Os três Porquinhos" e hoje com 8 anos.

As etapas foram executadas, da criação dos cofrinhos (1,2,3) à explicação, repetição e brincadeiras para melhor compreensão do objetivo desse ensino. Depois de habituada com os cofrinhos, veio o processo da separação e importância do valor das moedas conquistadas, onde as moedas de baixo valor iriam para o cofre 2 "gastar" e as de maior valor para o cofre 1 "poupar". Feito isso, foi muito simples atribuir valor aos desejos colocados no cofre 3 "meus desejos e brinquedos", indo para a internet e proporcionando-a pesquisar e ter uma dimensão maior sobre o "preço" e "valor" dos objetos de desejo.

Um mês antes do Natal, os cofrinhos foram abertos, a contagem foi feita e apurada a diferença para a compra daquilo que ela mais desejava. O nosso comportamento como pais e educadores foi de demonstrar que iríamos contribuir e ajudá-la para que ela pudesse conquistar aquele tão sonhado presente.

Ao atingir o valor do brinquedo desejado, a euforia tomou conta. O mais interessante e para a nossa surpresa foi encontrar um brinquedo similar, sem os rótulos de marcas famosas, mas com a mesma qualidade, e ela ter optado pelo de menor valor, dizendo: 

"nossa, consegui comprar e ainda sobrou dinheiro, vou juntar para o ano que vem"

Ela sentiu o prazer da conquista e do ato de poupar - missão cumprida!!! 

Educação Financeira é um investimento diário que deve ser feito com fundamento e visando o longo prazo. Investir nos filhos ainda pode ser considerado a melhor e mais viável forma de investimento.

Sucesso Sempre!!!

Texto: Emerson Santana.
* Graduado em Ciências Econômicas pela UFSJ – São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão em Finanças  pela UFSJ- São João Del Rei/MG
* Consultor Administrativo e Financeiro
* Ministra Cursos de Orçamento Pessoal e Familiar
* Ministra Cursos de Gestão Financeira para MPE's in Company










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Continue nos visitando