Pesquisar este blog

Tradutor

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

2014!!! Otimistas x Pessimistas x Realistas?

Estamos às vésperas de 2014 e com o início de um novo ciclo muitas perguntas surgem, muitas dúvidas aparecem e com elas o desejo de adivinhar o futuro.

De um lado, os otimistas esbanjam uma enorme euforia em diagnósticos e previsões inatingíveis..."o país vai crescer 10% ao ano", "vou ganhar na mega sena e como se ainda fosse pouco, sozinho",  "vou ficar rico e dar uma banana para o meu chefe", "vou trocar o meu carro e comprar uma BMW X6", entre outros desejos e previsões...

Do outro lado, os pessimistas se apegam aos históricos negativos, obviamente, para deflagrarem as suas previsões e diagnósticos, fundamentadas em conspirações ..."não jogo na mega sena porque o computador é manipulado", "nunca vou ter uma BMW, porque é só para rico", "vou ficar quieto mesmo aqui no meu emprego, pois está difícil arrumar outro", entre outros...

Já o realista é aquele que carrega consigo a grande responsabilidade de intermediar os dois lados, mas, visto muita das vezes mais como pessimista do que otimista.

Na verdade, a existência dessas três figuras se apresenta para estabelecer o equilíbrio dessa relação, dessa ansiedade e expectativas do que irá acontecer em cada ciclo que se inicia.

Na economia isso não é diferente. Porém, sendo uma ciência social e de difícil previsibilidade em função do comportamento da sociedade e grupos através de seus costumes e desejos, os grupos se apresentam e se organizam da seguinte forma: 

* de um lado a política - "o partido da Situação" - com seus ideais sempre otimistas..."não estamos em crise", "crise é coisa do passado", "criticam por não estarem satisfeitos com o nosso sucesso"...

* do outro lado a política - " o partido da Oposição" - com seus ideais sempre pessimistas a tudo que é praticado pela Situação..."a taxa selic é a mais alta do mudo", "a carga tributária tem que ser revista", "tem que se investir em educação, saúde e segurança"...

* para intermediar e estabelecer o equilíbrio,  os Especialistas: fundamentados em pesquisas, ferramentas e técnicas. 

Diante de um calendário como o apresentado na ilustração acima para 2014, o que podemos esperar?

* Otimista: com tantos eventos, viajar no carnaval, ver os jogos da copa do mundo (oportunidade única), aproveitar as eleições para viajar, rever a família e feriados de fim de ano...gastando tanto assim, impulsionar a economia.

* Pessimista: com tantos eventos, o país vai parar...nada de vendas...economia em crise, inflação em alta, nada de investimentos por parte do governo pois será ano de eleições...

* Realista: diante da realidade da economia e de todos os indicadores que realmente vivenciamos em 2013, o ano de 2014 deverá ser um ano de preparação e sustentação para superarmos todos os ciclos já pré-determinados. 

Quer saber que indicadores são esses? Na verdade são sinais através de estudos, pesquisas, ferramentas e técnicas que muitos não observam e não dão o devido valor...

Veja mais: 


Você ainda tem dúvidas?

E você?

É um Otimista, Pessimista ou Realista?

Att.
Emerson Santana

Texto/Opinião: Emerson Santana.
* Graduado em Ciências Econômicas pela UFSJ – São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão em Finanças  pela UFSJ- São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão, Educação e Segurança para o Trânsito - Belo Horizonte/MG
* Consultor Administrativo e Financeiro
* Ministra Cursos de Orçamento Pessoal e Familiar
* Ministra Cursos de Gestão Financeira para MPE's in Company 





quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Agradecimento aos participantes do Curso Aperfeiçoamento DG Centec - BH em Dezembro/2013



A Exata Soluções Consultoria e Centec;


vem por meio deste, agradecer a participação, o envolvimento e a confiança depositada em nossos serviços. 

Desejamos que a busca pelo conhecimento seja infinita e nos sentimos realizados por termos colaborado com uma pequena parcela nesta caminhada de todos vocês.

Esperamos revê-los em breve em novos cursos que serão oferecidos e obrigado por terem feito desse encontro, mais um evento de  Sucesso!!!


Sucesso Sempre!!!







Obrigado a todos pela atenção, carinho, depoimentos e pela companhia na hora do almoço!!!


 Administração também é comportamento

Dinâmica do Comportamento; muito se observa sobre o comportamento dos grupos e de cada participante.

"Negociação, iniciativa, foco, observação, pró-atividade, vivacidade, operacionalidade, liderança, entre outros"






Parabéns ao grupo vencedor desta atividade.

Mas vale ressaltar a vitória foi de todos nós...

Obrigado por terem participado e contribuído para mais um momento de alegria e aprendizado...























A satisfação em lecionar está nos desafios e felicidade de vivenciar um aprendizado diferente a cada dia. 

Obrigado por terem me proporcionado mais um momento único de respeito, carinho, aprendizado e tantos outros sentimentos em minha vida.

A essa turma que também foi muito especial, a minha eterna gratidão.

Emerson Santana


Depoimentos...

"Curso conduzido de uma forma diferenciada, fazendo com que houvesse uma participação efetiva e objetiva de todos. Acima de tudo, a eficiência, competência e compromisso do professor foram primordiais."
José Batista - CFC Visão - Coronel Fabriciano

"Parabéns pelo curso, pois buscou através da prática, passar o conteúdo pragmático que será utilizado, não somente em nossa profissão, mas principalmente, em nossa vida."
Márcio Luiz - Governador Valadares

"Eu elogio a forma como o educador fez o paralelo entre a parte teórica, exemplos e ações práticas nos mostrando o alto grau de aplicabilidade dos conhecimentos adquiridos em nossas vidas. Parabéns! "
Luís Gustavo - CFC Diretriz - Contagem



terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal e Boas Festas!!!



Agradecemos a todos por um ano de muitas conquistas, superação, cooperação, confiança, carinho e amizade. 

Que em 2014 possamos caminhar juntos e alcançar nossos objetivos.

Um Feliz Natal e um próspero Ano Novo!!!

São os votos de Emerson Santana e Família.

Exata Soluções Consultoria

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Auto Escolas deflagram movimento nacional contra simuladores!!!

Prezados,



Tomo a liberdade de encaminhar o presente email no intuito de levar ao conhecimento de todos nossa luta CONTRA A OBRIGATORIEDADE DO SIMULADOR DE DIREÇÃO. Deixo bem claro que essa luta não é contra o simulador de direção em si ou contra as empresas que o fabricam, mais sim contra o processo como tem sido implementado, de forma obrigatória, essa exigência a todas as autoescolas do Brasil.



Gostaria que todos conhecessem a mobilização à nível nacional que está acontecendo. O movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL conta com o apoio de entidades representativas da classe de vários Estado do país, bem como com o apoio de vários parlamentares federais em Brasília-DF.


O movimento já está bem articulado e forte. A manifestação em Brasília-DF acontecerá no dia 17/12/2013, e ESPERO CONTAR COM A UNIÃO DA CATEGORIA, A PRESENÇA E APOIO DE TODOS.

SEGUE MANIFESTO ABAIXO:

Prezados,

Considerando a Resolução nº. 444/2013 do CONTRAN, e alterações introduzidas nas Resoluções nºs 168/2004 e 358/2010 também do CONTRAN, no qual impõe a obrigatoriedade de carga horária em SIMULADOR DE DIREÇÃO para habilitação de candidatos à categoria "B";

Considerando que a aludida Resolução impôs como data limite o dia 31/12/2013 para implementação dessa nova exigência e que o DENATRAN não sinalizou qualquer prorrogação desse prazo;

Considerando que não há estudos técnicos aptos e suficientes a comprovar a eficiência do SIMULADOR DE DIREÇÃO no ensino aprendizagem dos futuros candidatos, sendo relevante registrar a carga horária que será exigida de 05 (cinco) aulas de 30min, bem como também não há estudos concretos de que tal exigência irá impactar na diminuição do número de acidentes e mortes no trânsito;

Considerando que até o presente momento o DENATRAN somente certificou e homologou 04 (quatro) empresas para comercializarem no país o SIMULADOR DE DIREÇÃO no intuito de atender o número aproximado de 12.000 (doze mil) autoescolas no Brasil;

Considerando o elevado custo do equipamento que gira em torno de R$ 40.000,00 (quarenta mil reais), o custo médio mensal de manutenção de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais), a contratação de profissional instrutor para as aulas no SIMULADOR DE DIREÇÃO, a despesa com eventuais peças de reposição do equipamento, além da infraestrutura física necessária para sua devida instalação e funcionamento;

Considerando que 01 (um) SIMULADOR DE DIREÇÃO atenderá, de acordo com suas limitações, o número aproximado de 40 candidatos/alunos por mês, e que por consequência obrigará muitas autoescolas a promoverem a aquisição de mais de 01 (um) equipamento;

Considerando que muitas autoescolas possuem caráter familiar, não possuindo condições de promover investimento dessa monta, o que certamente obrigaria muitas a fecharem as portas, contribuindo assim para o desemprego no país e no déficit de empresas credenciadas para habilitação de candidatos no país inteiro;


As AUTOESCOLAS do BRASIL, união que nasce nacionalmente à partir da mobilização perpetrada no Estado do Espírito Santo, e que conta com o apoio de inúmeros parlamentares federais, de todos os Estados da Federação, sob a liderança do Deputado Federal MARCELO ALMEIDA (PR), vem comunicar a DEFLAGRAÇÃO de uma manifestação CONTRA A OBRIGATORIEDADE DO SIMULADOR DE DIREÇÃO que acontecerá na Capital Federal, Brasília-DF, no dia 17/12/2013 (terça-feira) às 10h.

A manifestação terá a seguinte pauta:

Às 10h todos que compõe e apoiam o movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL se concentrarão no CONGRESSO NACIONAL para acompanhar e representantes participarem da AUDIÊNCIA PÚBLICA, sob a presidência do Dep. Federal HUGO LEAL (PROS), que acontecerá no Anexo II da Câmara dos Deputados, e que terá como tema o SIMULADOR DE DIREÇÃO.

Em seguida o movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL através de seus representantes promoverá a entrega ao Presidente da Câmara dos Deputados, Dep. Federal HENRIQUE EDUARDO ALVES (RN), do Projeto de DECRETO LEGISLATIVO nº. 1263/2013, de autoria do Dep. Federal MARCELO ALMEIDA (PR), no qual pretende a suspensão dos efeitos da Resolução nº. 444/2013 do CONTRAN que torna obrigatório o SIMULADOR DE DIREÇÃO no Brasil.

Não obstante, o movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL pretende também buscar apoio junto aos líderes e parlamentares na Câmara dos Deputados para a DESAPROVAÇÃO do Projeto de Lei nº. 4.449/2012, de autoria do Dep. Federal MAURO LOPES (MG), que busca tornar obrigatório o uso de simuladores de direção no processo de formação de novos condutores no Brasil.  

Às 16h o movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL irá se concentrar nas intermediações do PALÁCIO DO PLANALTO onde vai solicitar uma audiência com a Presidente DILMA ROUSSEFF para levarmos as considerações contrárias à implementação obrigatória do SIMULADOR DE DIREÇÃO.

O movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL pretende encerrar a manifestação somente quando for recebido no PALÁCIO DO PLANALTO, ressaltando que serão organizadas tantas manifestações quantas forem necessárias para a DERRUBADA da implementação obrigatória do SIMULADOR DE DIREÇÃO no processo de formação de condutores no Brasil.



Favor replicar o presente email para todos que de alguma forma possam vir a ajudar o movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL na luta CONTRA A IMPLEMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA DO SIMULADOR DE DIREÇÃO.

Saúde e paz. 



Gustavo Albani Pereira
Assessor Jurídico do Movimento AUTOESCOLAS ES e do Movimento AUTOESCOLAS DO BRASIL
Inscrição: OAB/ES 13.116
End: Vitória-ES.
Tel: (27) 99983-3491.

Leia mais: Você ainda acredita que o governo está preocupado em reduzir os acidentes e preservar a vida?

Deputado do Paraná, Marcelo Almeida comemora repercussão nacional sobre a denúncia de lobby sobre os simuladores.

Auto Escolas protestam em Brasília contra a implantação dos simuladores

Você ainda acredita que o governo está preocupado com a redução de acidentes?

 

Interprete o gesto e dê a sua opinião. Leia com bastante atenção essa reportagem!!!

A minha insatisfação e indignação com o que vem acontecendo no país parece não ter fim. Notícias como essas é que nos fazem compreender o que de fato tem importância no país e qual o objetivo maior disso tudo. Assim fica fácil compreender porque desejam implantar o Simulador de Direção (leia mais) nas Auto Escolas. Os interesses comercias sobrepõem a qualquer tentativa de priorizar a vida. 

Em uma ação temerária e inconsequente, mas visando superar a crise econômica existente, embora negada veementemente (leia mais em: Sinais de enfraquecimento da Economia), o Sr. Guido Mantega deverá anunciar a prorrogação da data de exigência dos itens de segurança como Airbag e ABS para os carros que deveria ser a partir de 2014.

Preocupados com a inflação, com o fim do incentivo promovido com a redução do IPI em 31/12/2013; com o aumento dos preços dos veículos; com a promessa de fechamento dos postos de trabalho das montadoras; em uma ação inconsequente de tentar justificar que estes itens de segurança serão os responsáveis pela queda da cadeia produtiva, o governo federal divulgará uma Medida Provisória (MP) adiando a obrigatoriedade de adoção de freios ABS e airbags frontais em todos os veículos produzidos.


De um lado, o governo ganha pontos com as montadoras e com os sindicatos, mas perde com os defensores de maior segurança no trânsito. Os air bags são exigidos nos EUA desde 1998 e na União Europeia desde 2007. Os veículos mais recentes no Brasil já contam com o dispositivo. (Fonte: Com informações da Exame.com Publicado Por: Fábio Carvalho)

Você ainda acredita que estão preocupados com a redução de acidentes e em preservar a vida?


Um questionamento ao Denatran, ao Contran, aos Detrans do país que estão promovendo um verdadeiro massacre à conduta dos educadores de trânsito julgando-nos como responsáveis pelos altos índices de acidentes no país: 

Será mesmo que somos responsáveis por isso? Diante de uma reportagem como essa a máscara desses hipócritas do colarinho branco cai e o caráter se revela através dos interesses mais escusos existentes neste país.

Veja abaixo a reportagem:

Decisão foi tomada sob o argumento de que a mudança iria gerar demissões nas montadoras. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o governo oficializará a prorrogação na semana que vem.

Por André JANKAVSKI
O governo federal divulgará uma Medida Provisória (MP) adiando a obrigatoriedade de adoção de freios ABS e airbags frontais em todos os veículos produzidos, que estava previsto para vigorar já no mês que vem. A afirmação partiu do secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, durante a assembleia da entidade, na terça-feira 10, e confirmada pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nessa quarta-feira 11. Segundo os órgãos, a adaptação ocorrerá de maneira gradual até o início de 2016.
Por meio de sua assessoria de imprensa, a Anfavea confirmou que recebeu a notícia já como decisão e que está avaliando os próximos passos. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também informou que se reunirá na próxima semana com representantes da associação para discutir o adiamento. “Estamos preocupados com o impacto sobre o preço do carro, pois o elevaria em até R$ 1,5 mil”, disse Mantega. As mudanças, impostas por duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, estavam previstas desde 2009. 
De acordo com o sindicalista Wagner Santana, a decisão ocorreu durante a premiação de doutor honoris causas do ex-presidente Lula na Universidade Federal do ABC, na quarta-feira 4. Durante a cerimônia, o presidente do sindicato, Rafael Marques, conversou com a presidenta Dilma Rousseff sobre as demissões que a obrigatoriedade poderia causar, especialmente na fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo. A montadora alemã, que já tinha anunciado o fim de produção da Kombi e do Gol G4 por não comportarem os novos acessórios, afirmou, por meio de sua assessoria, que seguirá toda e qualquer nova regra a ser aplicada no setor automotivo.
A líder do setor Fiat, que deixaria de produzir o modelo Mille, afirma que aguarda a decisão oficial e que cumprirá com suas obrigações. Já a Ford se diz preparada para atender a legislação anteriormente prevista para 2014.


Att.
Emerson Santana

Texto/Opinião: Emerson Santana.
* Graduado em Ciências Econômicas pela UFSJ – São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão em Finanças  pela UFSJ- São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão, Educação e Segurança para o Trânsito - Belo Horizonte/MG
* Consultor Administrativo e Financeiro
* Ministra Cursos de Orçamento Pessoal e Familiar
* Ministra Cursos de Gestão Financeira para MPE's in Company 







segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Aumento do preço de combustível: Você já fez as contas?

A imagem ao lado nos remete a uma reflexão e sentimento compartilhado por toda a nação brasileira; o de estarmos sendo "roubados" ou melhor "furtados". Conforme o dicionário, furtar significa: subtrair fraudulentamente sem violência. Será? 

A verdade é que estão furtando a nossa energia e disposição para trabalhar, a nossa esperança em acreditar  num país melhor, a nossa confiança nas promessas políticas partidárias feitas em todas as eleições, enfim, estão furtando todas as expectativas de um prometido futuro de glórias e crescimento. (leia mais no artigo - Sinais de enfraquecimento da economia).

Deixando de lado a menção honrosa que esta imagem faz ao nosso governo, o aumento do combustível veio num momento muito propício, às vésperas das férias, Natal e fim de ano. Neste momento onde todos estão eufóricos com tamanhos incentivos ao consumo, viagens, décimo terceiro salário disponível, muitos não se darão ao trabalho de pensar e fazer as contas da realidade em que estamos vivendo. Farão tudo aquilo que já planejaram da mesma forma sem ao menos perceber o que virá pela frente.

O cenário da economia brasileira para 2014 é bem pessimista. Alguns economistas já revelam a sua preocupação com o tamanho do pessimismo dos investidores internacionais com relação ao país e acreditam que em breve haverá o rebaixamento da nota de classificação do país. 

"Nunca na história desse país, eles estiveram tão pessimistas".

A inflação volta a ser um temor. Temos vários indícios para acreditar nisso, sendo eles o aumento para dois dígitos da Taxa Selic (entenda mais...) 10% ao ano e a expectativa para a próxima reunião do COPOM (Comitê de Política Monetária) é de que a taxa chegue a 10,50%. E o que isto significa? Restrição ao crédito, menores prazos de pagamentos à juros mais altos como forma de inibir o consumo para evitar a inflação. Tudo isso parece ser muito incoerente para um país que precisa crescer e continua crescendo à taxa muito mais baixa comparado com todos os outros países emergentes.

Mas, voltando ao aumento dos combustíveis, segue abaixo um demonstrativo de cálculos do quanto o poder de consumo de um indivíduo brasileiro irá diminuir:

Estas informações, são de um consumidor  na região de Belo Horizonte/MG. com o perfil de consumo apresentado de 4 abastecimentos no mês.

Dia 26 de novembro:
Preço do Combustível: R$ 2,587
Total de litros: 51,52 l
Total pago: R$ 133,33 (cento e trinta e três Reais e trinta e três centavos)

Reajuste de 8%

Dia 07 de dezembro:
Preço do Combustível: R$ 2,794
Total de litros: 51,23 l
Total pago: R$ 143.14

Em um mês, esse reajuste representará uma perda de R$ 39,24.
Em um ano, esse reajuste representará uma perda de R$ 470,88

Este valor naturalmente representará uma diminuição no padrão de vida deste cidadão e família, onde haverá uma redução no consumo de itens de alimentação, vestuário, lazer, ensino e outros.


Fiquem atentos!!!

Att.

Emerson Santana

Texto/Opinião: Emerson Santana.
* Graduado em Ciências Econômicas pela UFSJ – São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão em Finanças  pela UFSJ- São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão, Educação e Segurança para o Trânsito - Belo Horizonte/MG
* Consultor Administrativo e Financeiro
* Ministra Cursos de Orçamento Pessoal e Familiar
* Ministra Cursos de Gestão Financeira para MPE's in Company 










Escândalo reabre discussão sobre gestão do Detran-MG



Escândalo reabre discussão sobre gestão do Detran-MG

Na sede do órgão em BH, a investigação é conhecida como “lista negra do Detran"

Um escândalo envolvendo corrupção no Detran-MG, com o indiciamento de mais de cem policiais civis, reacende o debate sobre a desvinculação do departamento da Polícia Civil. Minas é o único estado brasileiro que ainda mantém o órgão de trânsito sob a administração da corporação. No restante do país, o Detran é gerido por meio de autarquias. Uma solução prática, segundo especialistas, que poderia resolver problemas como o desvio de dinheiro para viagens, constatado pela Corregedoria da Polícia Civil e revelado com exclusividade neste sábado (7) pelo Hoje em Dia.

A investigação, remetida à Justiça no início da semana passada, aponta prevaricação, corrupção ativa e passiva e peculato como algumas das práticas criminosas cometidas por volta de 2003. Dentre os suspeitos estão agentes, 50 delegados e até o atual chefe do Departamento de Trânsito, Oliveira Santiago, que negou todas as acusações.
“É o maior escândalo da história recente da Polícia Civil. São acusações graves, que colocam em cheque a credibilidade do órgão. Um motivo mais do que justificável para se discutir a necessidade de ligação do Detran com a polícia”, afirma o coordenador do Centro de Estudos e Pesquisa em Segurança Pública da PUC Minas, Luiz Flávio Sapori. 
Para o especialista, que já foi secretário-adjunto de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais, no período de janeiro de 2003 a junho de 2007, já passou da hora de o governo transformar o órgão de trânsito em autarquia. “O argumento de que a polícia precisa do Detran por causa da arrecadação não se sustenta. Todo o dinheiro do departamento vai para o caixa único do Estado. Essa verba toda passando por lá só serve como atrativo para os maus policiais”, avalia Sapori.
Função burocrata
O Detran, diz Robson Sávio, membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, acaba por absorver uma mão de obra que poderia ser empregada em outros setores, como na investigação de crimes. “É um absurdo você ter tantos policiais exercendo atividades que poderiam ser feitas por servidores comuns. Esse contingente poderia ser utilizado para reforçar o quadro de funcionários em delegacias com déficit de profissionais”.
Para Sávio, o Detran de Minas é uma instituição pouco eficiente, com recorrentes denúncias de corrupção, que só contribuem para manchar a credibilidade da Polícia Civil. “A desvinculação seria benéfica tanto para a polícia quanto para o governo e, sobretudo, para a população, que teria serviços mais eficazes”.
A reportagem voltou a procurar neste sábado o chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão, para que comentasse a investigação da corregedoria, mas, novamente, segundo a assessoria de imprensa, ele não foi localizado para falar sobre o assunto.
Promotor defende continuidade do vínculo
Apesar de especialistas defenderem a desvinculação do Detran-MG da Polícia Civil como uma ferramenta de redução de práticas ilícitas no órgão, há quem acredite que essa não seria, necessariamente, uma solução eficaz. “A corrupção independe de local”, afirma o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, Leonardo Barbabela.
“É uma questão endêmica no Brasil. Não é porque o órgão está vinculado à polícia que esse tipo de caso ocorre. Ficar nas mãos de uma autarquia, por exemplo, é, a meu ver, equivocado”, avalia o promotor.
Ainda na avaliação dele, a gestão do Detran pela polícia amplia as possibilidades de se evitar fraudes, por exemplo, na emissão e transferência de documentos de veículos. “É um trabalho que envolve atenção para a prática de ilícitos. Constatada a irregularidade, o próprio agente pode viabilizar a prisão dos envolvidos”, explica.
Dinheiro
A Polícia Civil promete abrir processo administrativo para investigar cada um dos policiais indiciados por crimes contra a administração pública. Muitos dos envolvidos vão responder por desvio de diárias para viagens. Segundo a corregedoria, os servidores assinavam documentos pedindo verba para aplicar exames de direção em cidades do interior, mas sequer participavam das bancas.
Alessandra Mendes - Hoje em Dia 
08/12/2013 07:52 - Atualizado em 08/12/2013 07:52
Postado em 09/12/2013
Fonte = Site Hoje em Dia

Continue nos visitando