Pesquisar este blog

Tradutor

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Nobel de Economia, os números revelam comportamento!


norte-americano Richard H. Thaler, de 72 anos, recebeu o Prêmio Nobel de Economia 2017 por ter desenvolvido a teoria da contabilidade mental, explicando como as pessoas simplificam a tomada de decisões financeiras. De acordo com a organização, ele venceu o Nobel "por suas contribuições para a economia comportamental". O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (9) em Estocolmo, na Suécia.

Thaler incorporou pressupostos psicologicamente realistas em análises de tomada de decisão econômica. Ao explorar as consequências da racionalidade limitada, das preferências sociais e da falta de autocontrole, ele mostrou como esses traços humanos afetam sistematicamente as decisões individuais, bem como os resultados do mercado financeiro.

Na divulgação do prêmio, Thaler foi citado por ter deixado a economia "mais humana". O vencedor receberá o prêmio equivalente a US$ 1,1 milhão, segundo agências de notícias.

No anúncio da premiação, a Academia Real Sueca de Ciências, organizadora do Prêmio Nobel, afirmou que Thaler construiu uma ponte entre as análises econômicas e psicológicas da tomada de decisão individual. "Suas descobertas empíricas e suas idéias teóricas têm sido fundamentais para criar o novo campo de economia comportamental e em rápida expansão, que teve um impacto profundo em muitas áreas de pesquisa e política econômica".

Thaler é considerado o pai da economia comportamental, que estuda como o pensamento e as emoções afetam as decisões econômicas individuais e o comportamento dos mercados. Thaler é diretor e professor na Chicago Booth, a Universidade de Chicago Booth Escola de Negócios.


Racionalidade limitada
Thaler desenvolveu a teoria da contabilidade mental, explicando como as pessoas simplificam a tomada de decisões financeiras criando contas separadas em suas mentes, enfocando o impacto de cada decisão individual e não seu efeito geral. Ele também mostrou como a aversão às perdas pode explicar por que as pessoas valorizam ainda mais o que possuem. Thaler foi um dos fundadores do campo das finanças comportamentais, que estudam como as limitações cognitivas influenciam os mercados financeiros.

Preferências sociais
Thaler mostrou ainda como a busca de equidade pode impedir as empresas de aumentar os preços em períodos de alta demanda, mas não em tempos de custos crescentes. Thaler e seus colegas criaram o jogo do ditador, uma ferramenta experimental que tem sido utilizada em numerosos estudos para medir as atitudes em relação à equidade em diferentes grupos de pessoas ao redor do mundo.

Falta de autocontrole
Thaler também lançou luz sobre as resoluções de Ano Novo que podem ser difíceis de serem concretizadas. Ele mostrou como analisar os problemas de autocontrole usando uma espécie de planejador, que é semelhante aos métodos que os psicólogos e os neurocientistas usam para descrever a tensão interna entre o planejamento de longo prazo e a execução de curto prazo.
Segundo ele, sucumbir à tentação do curto prazo é uma razão importante para os planos feitos para a velhice ou para as escolhas de estilo de vida mais saudáveis falharem. Em seu trabalho, Thaler demonstrou como o "cutâneo", conceito que ele criou, pode ajudar as pessoas a exercer melhor seu autocontrole ao economizar para a aposentadoria assim como em outros contextos.
Nobel de Economia sai para americano que defende uma economia mais humana

Biografia
Thaler é membro da American Academy of Arts and Sciences, da American Finance Association e da Econometrics Society, e em 2015 foi presidente da American Economic Association.
Antes de ingressar na Universidade de Chicago em 1995, Thaler lecionou na Universidade de Rochester e Cornell. Foi ainda professor visitante na Universidade British Columbia, Sloan School of Management no MIT, Russell Sage Foundation e Centro de Estudos Avançados em Ciências do Comportamento em Stanford.
Nascido em Nova Jersey, Thaler estudou na Case Western Reserve University, onde obteve o diploma de bacharel em 1967. Pouco depois, ele frequentou a Universidade de Rochester, onde obteve mestrado em 1970 e um doutorado em 1974.
Thaler é o co-autor, com Cass R. Sunstein, do best-seller global "Nudge" (2008), no qual trata dos conceitos de economia comportamental que são usados para enfrentar os principais problemas da sociedade.
Em 2015, ele publicou Misbehaving: The Making of Behavioral Economics. Ele escreveu e editou outros quatro livros: Quasi-Rational Economics, The Winner's Curse: Paradoxos e Anomalias da Vida Econômica, e Advances in Behavioral Finance Volumes I e II.
Thaler publicou numerosos artigos em publicações conceituadas como American Economics Review, Journal of Finance e Journal of Political Economy.

Último Nobel
O prêmio de Economia, oficialmente chamado de Prêmio Sveriges Riksbank de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel, foi criado em 1968. A homenagem não fazia parte do grupo original de prêmios estabelecidos pelo testamento do criador da dinamite, em 1895.
O Nobel de Economia é o último concedido este ano. Os prêmios de Medicina, Física, Química, Literatura e Paz foram concedidos na semana passada.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

O Ciclo do Conhecimento - Indicadores de Gestão das Auto Escolas

Como você acompanha os indicadores de gestão da sua Auto Escola?

Mais do que acompanhar é necessário conhecê-los.

Podemos citar os principais:
Faturamento, Distrato de Contrato, Produtividade da Frota e dos Instrutores, Ponto de Equilíbrio, Lucro, entre outros.

Falaremos sobre isso e muito mais!


quinta-feira, 28 de setembro de 2017

O Ciclo do Conhecimento! Faça parte deste projeto.

O Ciclo do Conhecimento é um novo projeto de qualificação para profissionais de Centros de Formação de Condutores e trânsito em geral que vai possibilitar levarmos nossas palestras e cursos para qualquer lugar do Brasil.

Você poderá se qualificar profissionalmente  no conforto da sua casa, trabalho ou qualquer outro local, usando o computador, tablet ou smartphone.
 
Acreditamos que educação e profissionalização através de cursos academicamente corretos e profissionalmente eficientes caminharemos rumo à um trânsito mais seguro, humano, com uma melhor gestão.
 
Conheça o Projeto e os cursos oferecidos em:


Este é o nosso compromisso e de nossos parceiros e especialistas.







quarta-feira, 24 de maio de 2017

IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA - JF

"Empreender para inovar"

"Empreendedorismo é pensar em si, querer o melhor para si para promover o melhor aos outros e não somente ser subserviente." César Nunes

"Crise""... você passará por ela ou a vivenciará? Se você passar por ela, lembre-se que o sucesso estará logo a frente.Mas se você vivenciar a crise, cuidado, talvez você não irá sobreviver.Então; Prepare-se! Reinvente-se! Ouse! Empreenda! A Educação será sempre o melhor caminho!

"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."
Cora Coralina


"...não pode haver empreendedor com subserviência às corporações."
César Nunes

"...em cinco segundos você não faz um grande discurso, mas em 5 segundos você transforma alguém para o bem ou para o mal".
Augusto Cury

"Precisamos desacelerar a construção dos pensamentos...questão de sobrevivência". Augusto Cury

"Ninguém é capaz de mudar alguém....nós temos o poder de piorá-lo, isso sim".
Augusto Cury









Obrigado à Sra. Heloísa Delage e toda a sua equipe pela oportunidade de aprendizado e pelo belíssimo evento.

Att. 
Emerson Santana

Planejamento Estratégico Orçamentário - OBZ

Um dos grandes desafios das pequenas e microempresas é conseguir desenvolver um sistema de planejamento financeiro, com base na elaboração de orçamentos, de modo que se possa, ao longo do tempo, estabelecer o controle entre o que foi orçado e o que foi realizado em um determinado período. Muitas dificuldades estão relacionadas ao dia a dia desses micro e pequenos empresários que; diferentemente dos grandes empresários; na maioria das vezes acumulam funções de diversas áreas de um negócio, tais como: gerenciar equipes, desenvolver pesquisas de mercado, gerir estoques, controlar fluxo de caixa, custos, controlar ponto de equilíbrio e outros. É então que surge a necessidade de se organizar para evitar surpresas no orçamento da empresa. Nesse contexto é importante a realização de um orçamento empresarial como peça fundamental para a realização do planejamento e controle financeiro.
O Plano Estratégico Orçamento Base Zero (OBZ) segue a vertente dos conceitos que buscam manter o orçamento mais flexível, bem como utilizar essa ferramenta gerencial como o principal instrumento de controle e avaliação do desempenho dos gestores.
Vejamos algumas vertentes no processo de elaboração deste projeto:
 1 Implantação do Modelo de Gestão Financeira O primeiro ponto importante detectado para viabilizar a implantação do Orçamento Base Zero (OBZ) está relacionado à existência de um Modelo de Gestão Financeira de forma a atender as necessidades da empresa. Esse modelo deve ser fundamentado na execução dos Controles Básicos Financeiros que são eles: Contas a Pagar; Contas a Receber; Regime Diário de Caixa; Regime Diário de Banco e Fluxo de Caixa. Estes controles básicos são capazes de fornecer indicadores financeiros e informações confiáveis para a tomada de decisões de forma acertada.
2 Matriz de Responsabilidades A partir de um plano de contas estruturado e integrado, tendo ao longo desse período uma consolidação e padronização dos lançamentos, é possível estabelecer e visualizar as variações ocorridas dentro de cada centro de custo da empresa. Isso proporciona a elaboração da Matriz de Responsabilidades através dos conceitos Orçamento Base Zero (OBZ), adequando-se ao Plano de Contas da empresa e atribuindo aos gestores de cada setor, responsabilidades à elaboração e controle da NBZ (Nível Base Zero) de acordo com as características e gestão dentro de suas respectivas funções.
3 Elaboração das Premissas, Regras e Réguas A elaboração dos formulários das Premissas - Regras - Réguas segue conforme conceitos do Orçamento Base Zero (OBZ) para cada despesa do consolidado financeiro da empresa.
4 Elaboração do Orçamento Anual A elaboração é executada através da avaliação de cada despesa sob o aspecto de suas Premissas – Regras - Réguas e fundamentadas pelo seu histórico e indicadores financeiros.
5 Revisão e acompanhamento mensal De acordo com o cronograma orçamentário é necessário realizar reuniões periódicas e mensais para acompanhamento dos resultados previsto x realizado. Sendo assim, cada gestor responsável pelo Pacote/OBZ deve se reunir com o Gestor do Orçamento para a elaboração das justificativas de estouro ou sobra e/ou necessidade de revisar o orçamento. Esta revisão permite acompanhar as anomalias do orçamento fornecendo subsídios para uma avaliação correta dos eventos ocorridos e decisões a serem tomadas para a continuidade e execução do projeto.
Resultados O planejamento orçamentário Orçamento Base Zero (OBZ) tem por finalidade ser o principal instrumento de controle e avaliação do desempenho dos gestores na busca pela otimização dos resultados, sejam eles; na ampliação de mercado e competitividade através da gestão de custos.
Att.
Emerson Santana
Texto/Opinião: Emerson Santana.
* Graduado em Ciências Econômicas pela UFSJ – São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão em Finanças  pela UFSJ- São João Del Rei/MG
* Especialista em Gestão, Educação e Segurança para o Trânsito - Belo Horizonte/MG
* Consultor Administrativo e Financeiro
* Ministra Cursos de Orçamento Pessoal e Familiar

* Ministra Cursos de Gestão Financeira para MPE's in Company 

quinta-feira, 23 de março de 2017

"O ciclo do conhecimento" Um caminho escolhido e a ser trilhado pelas Auto Escolas de SP!

Três marcas e um único objetivo: "promover o conhecimento"



"A criatividade por si só não trará os resultados esperados para superar a crise."

O caminho a ser trilhado será sempre o da busca incessante pelo aprendizado.

Exata Soluções, Pós Graduar e Sindautoescola/SP, promovendo o conhecimento e melhoria na gestão das empresas do segmento!

Os Centros de Formação de Condutores de São Paulo escolheram este caminho!

Foi realizada no dia 18/03/2017 em SP, na UniSescon, a primeira palestra deste ciclo, com muita informação, dados relevantes do segmento em Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde entendemos que o Estado de São Paulo também deve ser protagonista no cenário nacional e que muito irá contribuir para o fortalecimento deste segmento, diante de tantos desafios.

Muito obrigado e parabéns por acreditarem neste projeto!

Att.
Emerson Santana

Veja no link abaixo o destaque deste evento no site do SINDAUTOESCOLA/SP
http://sp.sindautoescola.org.br/index.php/menu/40-cfc/noticias/1312-posgraduar-realiza-palestra-para-os-cfc-s-na-capital-paulista.html

























Continue nos visitando